A “Mulher” como
símbolo da modernidade

O dia 8 de março foi oficializado como o Dia Internacional da Mulher pela Organização das Nações Unidas em 1975, mas suas origens remontam a outro 8 de março, em 1917, na Rússia, quando mulheres iniciam uma greve geral pela melhoria das condições de trabalho.

Naquele início de século, a mulher, responsável pelos cuidados do lar, começa a ser descoberta pela publicidade e seu papel na sociedade começa a tomar outra definição.

Os historiadores Renata Geraissati e Diógenes Sousa traçam um panorama destas mudanças e analisam o contexto da modernidade tendo a mulher como protagonista.

O PDF do artigo pode ser baixado gratuitamente aqui.